Espaço alternativo

#PsicologiaNaModa: ESPECIAL DE NATAL ”O PEQUENO PRÍNCIPE”

Olá pessoal… Todas no clima “jingle bells”?

Look escolhido? Aquele rímel bafônico já está na bolsinha? Hahaha, certeza né!

Demoreeeeei, mas voltei! E como não poderia ter clima mais ‘tranquilo e favorável’, quero passear com vocês um pouquinho no mundo do nosso queridinho “O Pequeno Príncipe”.

Lembram de mim né? Sou a quase psicóloga da família, e confesso: estou amando TUDO isso.

Natal, presentes, abraços, família, sorrisos, enfeites, musiquinhas….? O que faz essa data realmente marcante? Feliz? Contagiante? Não importa sua crença, basta passear pelas ruas para notar. Sim, as pessoas ficam diferentes com esse clima todo.

LÓGICO que todas aqui já leram o Pequeno Príncipe, certo? (eu ouvi um não?!? COOOOORRE lá que ainda dá tempo).

Então, a história surgida das experiências de seu escritor Antoine Saint-Exúpery em suas diversas viagens realizadas e inúmeras culturas conhecidas, nos traz uma verdadeira imensidão de reflexões. Metafórico, profundo e enigmático, o pequeno príncipe nos mostra uma profunda mudança de valores, ao nos mostrar como nos equivocamos ao julgar pessoas e coisas que nos rodeiam e como essas avaliações nos levam a solidão, afinal “Só se vê com o coração, o essencial é invisível aos olhos”.

Eu poderia destacar várias passagens do texto, que para o objetivo muito cairiam bem, mas vamos do começo?

A fenomenologia é uma das diversas abordagens praticadas na psicologia. Se inclina sobre nossa relação de ser-no-mundo e o quanto nossas experiências são profundas e marcantes em nossas existências, no entanto, destaca nossa capacidade de ressignificação. De construção, desenvolvimento, mudanças e é isso que quero propor: MUDANÇA!

Logo no início do texto nosso pequeno príncipe desenha uma jiboia que engoliu um elefante e aos adultos pergunta o que estão vendo e como resposta: um chapéu. Nosso pequeno príncipe não entende pq os adultos não viam uma jiboia, então refez e refez o desenho e ficou intrigado: pq os adultos só valorizam coisas grandes? Pq não conseguem enxergar o pequeno? O NOVO? Ocorre que diante de nossas mts experiências, tendemos a vivenciar situações comuns e por tanto procurar reconhece-las (afinal é mt mais cômodo, certo?). Ok, isso não é ruim, de fato é o que nos conduz: nossas percepções são construídas através de nossas experiências. Mas e o novo, fica onde? Pq não podemos parar e refletir? Pq o pequeno não importa e o grande sobrepõe? Mas já parou para pensar que, se não houver o pequeno, o grande não se transforma?

O que mais admirava nosso pequeno príncipe em seu planeta era a possibilidade de sempre ver o pôr-do-sol e cuidar de sua rosa. Coisas tão simples que, por estar aberto e se deixar afetar, foi construindo sua existência. O quanto estamos abertos a novas experiências? O quanto estamos enxergando o pequeno? O quanto deixamos passar, por não nos deixar afetar?

É Natal! Tempo de abraços, sorrisos, de família reunida e s2 cheio de amor. Que possamos abrir nossos olhos para aquilo que não estamos vendo. Que tenhamos a força necessária para mudar. E que o Natal, para além dos famosos presentes, sejamos recheados de novas oportunidades, sonhos e sentimentos.

As experiências têm muito a nos dizer e nem sempre estamos com os ouvidos atentos e acabamos perdendo, LITERALMENTE, o “melhor da festa”.

Mas lembre-se: “Você é eternamente responsável por aquilo que cativas”! Então, cative o que tiver de melhor para sua vida (SUA VIDA) e seja a responsável por sua FELICIDADE.

Beijos mil e Feliz Natal!

Até breve! ;*

Evelim Carvalho

Anúncios

1 thought on “#PsicologiaNaModa: ESPECIAL DE NATAL ”O PEQUENO PRÍNCIPE””

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s